Home Palavra do Presidente Sindicatos Filiados Fale Conosco
a
a

facebook  slideshare  twitter  youtube  

 

 

 

 

 

Você é nosso
visitante nº.:

Imprensa

13/05/2009 - Presidente do SDAERGS no SETCERGS


Lauri Kotz, Luiz Alberto Mincarone, Frank Woodhead, José Carlos Silvano, Cloraldino Severo e João Pierotto.

O presidente do Sindicato dos Despachantes Aduaneiros do Estado do Rio Grande do Sul (SDAERGS), Lauri Kotz esteve em Porto Alegre, nesta quarta-feira, 13 de maio, para participar da reunião da Comissão de Infraestrutura e Concessões do SETCERGS. Estiveram no encontro na sede do Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas e Logística no Estado do Rio Grande do Sul, o ex-ministro dos Transportes, Cloraldino Severo, o presidente José Carlos Silvano, o vice-presidente de Logística, Frank Woodhead e os assessores técnicos da diretoria do SETCERGS, João Pierotto e Luiz Alberto Mincarone.

Na abertura, o coordenador da Comissão do SETCERGS, Frank Woodhead, enfatizou que o convite para o presidente do SDAERGS visava buscar subsídios para o projeto Os Desafios Logístico do Rio Grande do Sul. “O nosso desafio logístico é transformar distâncias físicas em distâncias econômicas”, disse Frank. Explicou que essa comissão tem o objetivo de apresentar um projeto logístico com sugestões de melhorias dos chamados gargalos estruturais, cobrar do governo federal e estadual a implantação destas melhorias de infraestrutura, na busca incessante da redução de custos e no aumento da competitividade da produção agrícola, comercial e industrial. “A infraestrutura em si, necessita de investimentos em rodovias, hidrovias, ferrovias, portos, aeroportos e portos secos e principalmente, a integração de todos os modais”, enfatizou o dirigente do SETCERGS.

Segundo ele é preciso integrar o processo e a gestão. Especialmente entre os entes público e privado, reduzindo drasticamente os tempos despendidos, burocracia desnecessárias, no uso intensivo do TI, assim como encontrar alternativas viáveis para lidar com as consequências nefastas das greves das entidades publicas as quais lidam com o comércio exterior.

Em sua manifestação à Comissão de Infraestrutura, Lauri Kotz explicou o que está se fazendo no mundo em torno das integrações aduaneiras visando uma maior agilidade no comércio internacional. Também apresentou a sugestão do Brasil adotar critérios modernos nas aduanas, pois “é preciso uma integração uniforme e uma elevação em nível de segurança”, enfatizou Kotz.

voltar